EM REPERTÓRIO

23/06/2017 14:55

Carta ao Pai

“Querido pai, Tu me perguntaste recentemente por que afirmo ter medo de ti. Eu não soube, como de costume, o que te responder...” (Franz Kafka)

Criado em 2006, o espetáculo CARTA AO PAI da Cia. Carne Agonizante retrata, através da dança, o embate solitário de Franz Kafka com seu pai Hermann Kafka.  A presença tirânica e autoritária da figura paterna contribuiu de maneira decisiva para que Franz se tornasse uma pessoa extremamente insegura emocionalmente. Kafka transformou o pai em uma espécie de sombra monstruosa que o perseguiu até o último dia de sua vida.  Em uma tentativa desesperada de expurgar de si todos os sentimentos de frustração e indignação em relação a Hermann, Kafka escreve uma carta extremamente irônica e agressiva, mas não tem coragem suficiente de entregá-la ao destinatário. Muito provavelmente, por ironia do destino, seu pai morreu sem ter conhecimento do conteúdo deste documento, que acabou se tornando mais uma obra de forte apelo emocional e reflexivo do escritor de Praga. A obra coreográfica procurou se apropriar das sensações físicas contidas na angústia, no tormento, no ressentimento e na carência afetiva, tão transbordante nesta obra literária escrita em 1919.    É drama contido em uma estrutura de dança. (Sandro Borelli)

 

Ficha Técnica

Intérpretes: Alex Merino, Amanda Santos, Everton Ferreira, Laia Mora, Mainá Santana e Rafael Carrion.
Concepção, direção e coreografia: Sandro Borelli
Assistente de Coreografia: Rafael Carrion
Trilha sonora e arte gráfica: Gustavo Domingues
Fotografia: Júnior Cecon
Luz: Sandro Borelli
Figurino: Elenco
Preparação Corporal: Vanessa Macedo
Direção de produção: Júnior Cecon
Assessoria de Imprensa: Pombo Correio


Newsletter - Cadastre-se para receber as novidades da Cia Carne Agonizante em seu email

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo