OUTROS ESPETÁCULOS

12/06/2015 10:00

Jardim de Tântalo

Inspirado na insanidade, o espetáculo fala de uma sabedoria que denuncia, que ironiza, que traz inquietudes. Que toma o falso pela verdadeiro, a morte pela vida, o homem pela mulher, o tempo pelo não tempo. Todo este mundo de desordem numa ordem absolutamente coerente.
"Jardim de Tântalo" é, na mitologia, um lugar em que, apesar de irreal, acontecem torturas e também no qual um personagem foi condenado pelos deuses a passar fome e sede por ter roubado seus manjares. Neste universo insano, as noções de tempo e espaço se apresentam completamente alteradas e, portanto, o real e o não-real confundem-se assombrosamente, a ponto de desencadear um outro tipo de olhar, instaurando um elemento fascinante: o saber.O espetáculo foi apresentado pela primeira vez no hospital psiquiátrico Pinel. Posteriormente, estreou no dia 05 de dezembro de 2001 no Centro Cultural São Paulo e foi apresentado no Festival Internacional de Londrina (FILO).

Pesquisa premiada pela Bolsa Vitae de Artes/2000.


Ficha Técnica
Direção geral, concepção e coreografia: Sandro Borelli
Elenco original:
Franklin Garcia, Marcelo Bucoff, Marcos Abranches, Renata Aspesi, Roberto Alencar, Sandro Borelli, Sônia Soares e Tatiana Guimarães

Cenografia: Guilerme Isnard
Figurino: Sônia Soares e Cris Belluomini
Trilha sonora: F.A.R. 15. Música: Yann Tiersen (participação Renata Mattar e Mintcho Garramone)

Remontagens:
Direção geral, concepção e coreografia: Sandro Borelli
Assistente de coreografia: Roberto Alencar
Intérpretes: Daniella Rocco, Edson Calheiros, Elisângela Ferreira, Elizando Carneiro, Robson Ferraz, Vanessa Macedo, Roberto Alencar e Mariana Costa.
Luz: André Prado
Trilha Sonora e Projeto Gráfico: Gustavo Domingues
Preparação Corporal: Valéria de Mattos e Vanessa Macedo
Produção Executiva: Dudu Oliveira


Newsletter - Cadastre-se para receber as novidades da Cia Carne Agonizante em seu email

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo